Arqueólogos descobrem cinco túmulos antigos a oeste de Luxor - Egito Antigo

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Arqueólogos descobrem cinco túmulos antigos a oeste de Luxor

Vasos canópicos
Uma missão arqueológica italiana descobriu acidentalmente uma coleção de cinco túmulos privados escavados na rocha do Terceiro Período Intermediário durante a escovação de areia de partes do templo do rei Amenhotep II, localizaoa no lado norte do Serapaeum na margem oeste de Luxor.

Cada túmulo inclue um poço profundo que conduz a uma câmara mortuária contendo um sarcófago de madeira pintado. Os sarcófagos estão decorados com cenas funerárias e religiosas pintados de preto e vermelho com esqueletos.

Mansour Boreik, supervisor de antiguidades de Luxor, disse que 12 tijolos de barro muito bem preservados e frascos Canópicos também foram desenterrados. Estes frascos, explicou Boreik, eram usados pelos antigos egípcios para armazenar e preservar órgãos do falecido para uso em sua vida após a morte.

Eles são recipientes de tamanho médio com tampas retratando as cabeças dos quatro filhos de Hórus: Imsety, com uma cabeça humana para proteger o fígado; Hapi, com cabeça de babuíno para os pulmões; Duamutef, com uma cabeça de chacal para o estômago; e Qebehsenuef, com uma cabeça de falcão para os intestinos.

Os frascos estão agora alojados na área do armazém para restauração e estudo.

"É uma descoberta muito importante, que destaca a importância do rei Amenhotep II mesmo anos após a morte do faraó", disse o ministro de Estado de Antiguidades, Mohamed Ibrahim. Ele disse que o rei Amenhotep II também tinha um túmulo no Vale dos Reis, que abrigava uma coleção de múmias reais descoberto em 1882.

O Rei Amenhotep II foi o sétimo faraó da 18ª Dinastia. Ele herdou um vasto reino, após a morte de seu pai, Tutmés III, e assegurou-o por meio de várias campanhas militares na Síria. Seu reinado presenciou o fim das hostilidades entre o Egito e Mitani, os dois grandes reinos lutavam pelo poder na Síria.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal