Tumba de ama de leite de Tutancâmon em Saqqara no Egito é aberta ao público - Egito Antigo

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Tumba de ama de leite de Tutancâmon em Saqqara no Egito é aberta ao público

Tumba de ama de leite de Tutancâmon em Saqqara no Egito é aberta ao público
A tumba de Maia, a ama de leite do rei Tutancâmon em Saqqara, foi aberta ao público no domingo, 20/12, pela primeira vez desde a sua descoberta em 1996.

O túmulo é um dos mais belos do Império Novo. Foi descoberto no ano de 1996 pelo egiptólogo francês Alain Zivie escavado na rocha em Saqqara, 30 km ao sul do Cairo.

A tumba consiste nas câmaras de culto com três salas, na sua maioria sem decoração e câmara funerária. A primeira sala é uma capela de culto dedicado à vida de Maia.

Ela era a ama de leite do rei, educadora do corpo do deus e a grande do harém. Nada se sabe sobre seus pais.Tutancâmon é retratado em um dos relevos da tumba que caracterizam o rei menino sentado no colo de Maia e o rei é mencionado várias vezes em inscrições na tumba.

Há também uma cena muito danificada mostrando Maia em frente ao rei. A segunda sala é dedicada aos ritos funerários associados com Maia. Maia é mostrada na frente de portadores de oferendas. Ela é descrita como uma múmia em relação ao ritual de abertura da boca e ela está de pé diante do deus do submundo Osíris. A terceira sala é a maior e tem quatro pilares decorados com a imagem da Maia.

A parte de trás da sala mostra uma estela esculpida na rocha com Maia na frente de Osíris. Nesta sala há também uma escadaria que desce até a câmara mortuária. A maioria das outras paredes desta sala não está decorada. O túmulo foi em tempos posteriores fortemente reutilizado.

O ministro de Antiguidades do Egito Mamdouh Eldamaty descreve a abertura do túmulo da ama de leite do rei Tutancâmon, "como muito importante", porque coincide com as recentes pesquisas e trabalhos de exploração realizados no túmulo do rei menino no Vale dos Reis.

Durante a cerimônia de abertura da tumba de Eldamaty disse que Maia poderia ser a irmã de Tutankhamon Meritaten porque um relevo descoberto no túmulo real em Tel Al-Amarna mostra o processo de enterramento de Meketaten, a filha mais velha do rei monoteísta Akhenaton. No relevo, a Princesa Meritaten aparece amamentando uma jovem criança.

"Esta criança poderia ser o rei Tutancâmon," Eldamaty apontou, bem como acrescentando que: "Através de uma investigação sobre a tumba de Maia, que será iniciada imediatamente, e comparada seus resultados com a pesquisa realizada sobre o túmulo do rei menino deve definitivamente contribuir para descobrir mais dos segredos de Tutancâmon".
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal