Artefatos egípcios roubados foram apreendidos na estrada Cairo-Suez - Egito Antigo

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Artefatos egípcios roubados foram apreendidos na estrada Cairo-Suez

Artefatos egípcios roubados foram apreendidos na estrada Cairo-Suez
A polícia egípcia confiscou um tesouro de 863 artefatos de um homem que viajava na estrada Cairo-Suez.

O homem estava tentando escapar de uma emboscada da polícia depois que o seu veículo foi parado em uma inspeção. Ele foi preso e está detido aguardando maiores investigações.

A coleção inclui objetos do período greco-romano e períodos islâmicos da história egípcia.

Youssef Khalifa, chefe da Seção de Antiguidades confiscadas do Ministério de Antiguidades, disse que todos os objetos eram genuínos com exceção de uma dúzia de réplicas muito precisas.

A coleção inclui 180 pequenos amuletos, 10 escaravelhos, 120 moedas de bronze de Ptolomeu, 407 moedas romanas e três estátuas de madeira do Período Tardio.

Foi apreendida também uma muito bem preservada bacia de pedra calcária do Império Antigo com texto hieroglífico e o nome do pai de Snefru que foi o fundador da Quarta Dinastia e pai do rei Quéops, o construtor da Grande Pirâmide de Gizé.

Uma estela de calcário representando um busto do deus Ptah e uma estátua de granito negro da deusa Hathor também estavam entre os itens da coleção.

O Ministro de Antiguidades egípcio Mohamed Ibrahim disse que as investigações iniciais provam que os objetos foram roubados de escavações ilícitas em vários sítios arqueológicos e uma equipe do ministério vai estudar cada objeto para descobrir sua localização original.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal