Egito quer mais visitas de turistas brasileiros - Egito Antigo

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Egito quer mais visitas de turistas brasileiros

Pirâmides de Gizé - Egito
A onda de violência que assolou o Egito durante a Primavera Árabe o fez perder uma enorme quantidade de turistas. Em 2010 14 milhões de pessoas visitaram o Egito. Já quando os levantes populares derrubaram o presidente Hosni Mubarak, em 2011, apenas oito milhões de viajantes estrangeiros estiveram na terra dos faraós. Em 2012 começou a crescer novamente quando recebeu 11 milhões de visitantes, porém ficando abaixo das expectativas: "poderíamos ter recebido pelo menos 18 milhões de pessoas no ano passado", diz Mohamed Hegazy, diretor da Autoridade de Turismo egípcia.

Como foco para repor essas perdas, o Egito elegeu o Brasil e é um dos principais destaques do World Travel Market Latin America, evento de promoção turística realizado nesta semana na cidade de São Paulo. Além de ter um dos maiores estandes da feira (só aberta a agentes de viagem e outros profissionais do setor), os representantes do país realizaram uma coletiva de imprensa para mostrar seus atrativos e minimizar preocupações com falta de segurança.

"É seguro viajar atualmente no Egito", afirma Hegazy. "Mas ainda pedimos que os visitantes fiquem longe da Praça Tahrir [localizada no Cairo e ainda o principal palco de manifestações contra o governo]".

Junto com belas imagens dos principais destinos do país (como as cidades de Luxor, Assuã, Alexandria e o rio Nilo), Hegazy divulgou informações que mostram como o Egito ainda convive com perspectivas de instabilidades políticas. A entrada do Museu Egípcio, por exemplo, que abriga mais de 110 mil relíquias do Egito Antigo e fica ao lado da Praça Tahrir, foi alterada. Hoje os visitantes entram pela parte de trás do edifício, mais afastada da praça.

O site oficial de turismo do país, por sua vez, começará em breve a transmitir, ao vivo, imagens de cidades egípcias que recebem grande fluxo de forasteiros. “É uma maneira de divulgar nossas belezas e mostrar que não há passeatas ou confusões em nossos pontos turísticos”, diz Hengazy. “Vamos ver se, com isso, conseguimos levar mais brasileiros para lá, visto que é um dos públicos que mais viaja no mundo”.

Cerca de 28 mil brasileiros visitaram o Egito no ano de 2012.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal