Nut - deusa egípcia - Egito Antigo

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Nut - deusa egípcia


Nut é uma deusa egípcia. Representava o céu e era significativamente invocada como a mãe dos deuses.

Culto

No túmulo do faraó Tutancâmon foi encontrado junto a sua múmia um peitoral no qual era invocado a proteção desta deusa: “Nut minha divina mãe, abre tuas asas sobre mim enquanto brilharem nos céus as imorredouras estrelas”.

Iconografia

EsposoGeb
FilhosOsíris, Isis, Set, Néftis e às vezes Hórus
É muitas vezes representada sob a forma de uma vaca que adotou alguns atributos de Hathor, por alusão a uma metamorfose por que espontaneamente teria passado. Era representada por uma belíssima mulher, trazendo o disco solar ornando sua cabeça.



Com o seu corpo alongado, coberto por estrelas, forma o arco da abóbada celeste que se estende sobre a terra. É como um abraço da deusa do céu sobre o seu irmão/marido Geb, o deus da Terra.

Família

O deus Khepri criou-se a partir da matéria primordial ao dizer seu próprio nome, em seguida ele procriou os deuses Shu e Tefnut, formando a primeira trindade.
De Shu e Tefnut nasceram Geb e Nut.

Nut, esposa de Geb, foi a mãe de Osíris, Hórus, Seth, Ísis e Néftis, em um único parto.
Osiris e Isis já se amavam no ventre da mãe e a maldade de Seth logo ficou evidente quando, ao nascer, este rasgou o ventre da mãe.

Foi muitas vezes pintada na tampa interna do sarcófago, protegendo a múmia. Havia muitos festivais para Nut ao longo do ano, incluindo o "Festival de Nut e " e "Festa da Nut", e ela aparece em numerosas representações, ainda não foram encontrados templos ou centros de culto específicos ligados a ela.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal