Tot - deus egípcio - Egito Antigo

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Tot - deus egípcio

Toth, Tot, Thot, Tôt ou Zonga é o nome em grego de Djehuty (ou Zehuti), um deus pertencente ao panteão egípcio, deus da sabedoria um deus cordato, sábio, assistente e secretário-arquivista dos deuses. É uma divindade lunar (o deus da Lua) que tem a seu cargo a sabedoria, a escrita, a aprendizagem, a magia, a medição do tempo, entre outros atributos. Era frequentemente representado como um escriba om cabeça de íbis (a ave que lhe 

Outros nomes
Toth, Tot, Tôt, Thoth, Zonga
Parentesco
Cônjuge
Seshat ou Maet
estava consagrada). Também era representado por um babuíno. A importância desta divindade era notória, até porque o ciclo lunar era determinante em vários aspectos da atividade civil e religiosa da sociedade egípcia. É, por vezes, identificado com Hermes Trismegisto. Sua filiação ora é atribuída a , ora a Seth. Refere-se também que seria conselheiro de Rá. Sua companheira íntima, Astennu, é por vezes identificada com o próprio Toth. Tinha uma filha: Seshat. Era marido de Maet. Também é considerado, por Edgar Cayce, como um engenheiro atlante da antiga civilização perdida de Atlântida e que terá participado na construção das pirâmides.

Tot deus egípcio
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal